quinta-feira, 8 de novembro de 2012

O de "O mundo está escuro: ilumina-o" (VI)

A PONTE


Se me disserem que estás do outro lado
de uma ponte, por estranho que pareça
que estejas do outro lado e que me esperes,
eu atravesso essa ponte.

Diz-me qual é a ponte que separa
a tua vida da minha,
em que hora negra, em que cidade chuvosa,
em que mundo sem luz está essa ponte,
e eu atravesso-a.


Amalia Bautista
  [Trad. ID]