terça-feira, 31 de janeiro de 2012

S de Solidão (ou C de Comunidade) XXXVII b

1 comentário:

Inês Cisneiros disse...

Na aula magna, depois de cantarem o no one's gonna love you more than i do, que foi o momento mais triste que já vi num concerto, não pela melancolia da música mas pelo desafinanço tal, foi com essa que levantaram a cabeça. :)